Males Físicos e Psicológicos da Bebida Alcoólica

É claro que este artigo não é direcionado as pessoas que bebem uma taça de vinho ou de cerveja na refeição ou uma dose de whisky no final do dia, o que propomos aqui é uma analise nos males que advém do excesso do consumo de bebidas alcoólicas.

A versão em vídeo deste artigo você encontra no nosso Canal no Youtube.

Vou deixar os males para o final e as soluções para o início.

Primeiramente vamos tentar descobrir o motivo que ocasiona o consumo em excesso do álcool.

  • 1 – Sensação de bem estar;
  • 2 – Desprendimento nas relações sociais;
  • 3 – Esquecimento dos problemas;
  • 4 – Contato com partes da consciência que usualmente não usamos;

Destes motivos acima citados, quais deles são possíveis de acessar sem o consumo de álcool?

Na minha experiência, que diga-se de passagem já teve excesso de bebida alcoólica como componente recorrente, os quatro fatores mencionados podem ser substituídos e com muito mais eficácia e constância, por uma combinação de leitura de obras clássicas, meditação e mudança para um círculo de convivência que esteja em consonância com os mesmos objetivos.

1 – Sensação de bem estar é um estado de auto percepção onde você sente que as coisas estão como deveriam estar, não há sentimento de culpa e de inadequação, parece que as peças se encaixam e que estamos de acordo com o nosso destino a cumprir.

2 – Desprendimento nas relações sociais pela minha experiência, trata-se muito mais do assunto do que das relações propriamente ditas, por exemplo, eu tenho extrema dificuldade em jogar conversa fora sobre assuntos superficiais, quando eu bebo álcool consigo conversar sobre estes assuntos fúteis e corriqueiros com muito “entusiasmo”, mas em que isso me agrega? Nada.

Mas quando estou conversando sobre assuntos mais profundos, que tenham um significado, não preciso de álcool para ficar ENTUSIASMADO, pois toca em pontos do meu verdadeiro EU e não apenas da minha personalidade.

3 – Esquecimento dos problemas não é a forma correta de lidar com os problemas. Um problema é uma prova, e uma prova deve ser superada, não esquecida.

Quando vencemos uma prova nos tornamos maiores do que éramos antes da prova e isso se chama evoluir, que até onde entendo é o motivo de estarmos vivos, evoluir.

4 – Contato com partes da consciência que usualmente não usamos é importante, pois é nosso destino nos tornarmos mais do que humanos, somos um universo em expansão, mas a sociedade e a educação tem nos moldado para o mercado de trabalho e para ser um cidadão, o que é importante, mas não é tudo.

Existem mistérios dentro de nós mesmos que devemos acessar, pois são estes saltos quânticos que nos fazem muitas vezes trocar de nível instantaneamente, mas quando isso é feito com álcool, esse níveis regride dois passos para trás no dia seguinte, o que é o contrário do que inicialmente queríamos.

Os males físicos do consumo de bebidas alcoólicas

Obviamente estão relacionados com a agressão que o corpo sofre com a ingestão dessa substância que como qualquer outra, se é consumida em excesso torna-se um veneno, e os males em si são generalizados, vão desde o cérebro, passando por todo o sistema digestivo e sistema nervoso, é uma auto destruição realmente, o excesso de consumo de álcool, mas eu ainda considero pior os danos psicológicos.

Os males psicológicos do consumo de bebidas alcoólicas

Eu considero piores pois além de promover a degradação da forma como vemos o mundo, nos levando literalmente ao inferno quando estamos de ressaca, e aqui quero frisar que ressaca psicológica se estende muito mais do que ao dia seguinte da ingestão, ela é cumulativa e faz com que nos sintamos cada vez pior em relação a nós mesmos.

Outro fator muito grave da questão psicológica é que não fazemos mal só a nós mesmos, mas também as pessoas que estão ao nosso redor, com comportamento agressivo ou indiferente, de qualquer forma cortamos os laços de carinho e amor que tanto prezamos e que no fim de tudo é o mais importante na nossa vida, os laços que cultivamos com as pessoas ao nosso redor.

Você sofre ou conhece alguém que sofre de alcoolismo? Escreva sua história nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *